3 de setembro de 2014

Educação é tema para reflexão na Semana da Pátria

Na Semana da Pátria, o momento cívico ganha ainda mais importância para firmar a cidadania e refletir sobre o nosso país. Além da execução do Hino Nacional e hasteamento da Bandeira, professores e convidados se revezam para trazer uma mensagem aos alunos.
O professor de História, Adevair Lopes de Souza, chamou a atenção de alunos e professores sobre a importância de valorizarmos a Educação, para que o Brasil seja grande não apenas economicamente.
Leia abaixo trecho do seu discurso:

"A educação é o melhor caminho para a liberdade e autonomia individual e coletiva. Pessoas e países se constroem através da educação.
A Educação no Brasil não é eficiente e o país está no fim da fila no ranking mundial. Educação ineficiente gera inúmeros problemas, como a baixa produtividade do país e compromete a democracia. É fundamental para a formação da cidadania ter uma boa formação acadêmica.
O Brasil está atrás de 15 países da América Latina no ranking mundial da educação. Apesar de ser um gigante na economia, nosso país é um anão na Educação.
O PNE, Plano Nacional De Educação, aprovado este ano no congresso, prevê a aplicação de 10% do PIB na educação até 2024. Será que com todo este montante de investimento haverá uma melhoria significativa na eficiência da Educação no Brasil? Tenho dúvidas.
É preciso melhorar a gestão e repensar o paradigma que norteia nossa Educação. Nossa Pátria (governos, professores, alunos e famílias) deve priorizar a Educação e, por este caminho, o Brasil será uma nação realmente soberana, livre, produtiva, democrática e com um povo educado."

Prof. Adevair Lopes de Souza






0 comentários:

Postar um comentário